Assim como as cortinas, as persianas são importantes na decoração e têm a função de equilibrar ou vedar a luminosidade e conservar a privacidade de um ambiente. Alguns modelos permitem um controle mais preciso, podendo ser controladas por painel na parede, controle remoto ou até mesmo pelo computador.

As persianas também têm função térmica, bloqueando a entrada indesejada de calor no verão e impedindo a saída de ar quente em climas frios, tornando-se uma excelente opção para ambientes expostos ao sol durante grande parte do dia.

Tipos de persianas

As persianas horizontais são as mais escolhidas na hora de decorar um ambiente. Podem ser formadas por lâminas metálicas, de madeira, PVC ou tecido. Elas não vedam totalmente a claridade (como os blecautes), e por isso deixam que a ventilação circule dentro do local.

Indicadas para uso residencial e comercial, as persianas verticais também caem bem em qualquer espaço. Dão a sensação de pé direito maior, especialmente em ambientes menores ou mais fechados.

Rolô

persianas rolô

As persianas do tipo rolô funcionam como painéis que, quando recolhidos, ficam enrolados. Possuem visual mais limpo e prático. Os materiais mais utilizados são a tela solar – que controla o calor e filtra os raios UV sem impedir a entrada de luz natural ou ventilação.

Romana

persianas romana

As persianas romanas possuem um visual mais clássico e design interessante, já que se dobram à medida em que são suspensas. Podem ser facilmente combinadas com qualquer tipo de decoração. Além de tecidos nobres, como seda ou fibras naturais, podem ser de madeira, blackouts (blecaute, em português) ou tela solar. Para cozinhas e áreas de serviço, por exemplo, não se recomenda persianas romanas de tecido, para evitar o acúmulo de sujeira e gordura.Painel

O painel é uma ótima solução para grandes espaços e vãos de passagem. Verticais, possuem inúmeras opções de abertura e recolhimento. O trilho superior é praticamente imperceptível, proporcionando um visual clean ao ambiente quando esse tipo é escolhido. Apesar de menos utilizados, os painéis são persianas versáteis e se aplicam a todos os estilos de decoração.

Double vision

Como o próprio nome já diz, as persianas do tipo double vision proporcionam uma visão dupla do ambiente, pois alternam entre faixas horizontais translúcidas e opacas. Garantem privacidade e bloqueio da luz solar sem perda da visão exterior e dão um toque de elegância ao ambiente. Você pode comprar a sua a partir de R$190,00/m².

Cortina celular

Cortina celular - Guia de persianas

Desenvolvida em 1985 em resposta à crise energética da década de 1970, as cortinas celulares foram uma inovação da indústria. Seu modelo cria bolsões dentro das células, para que o ambiente se mantenha quente no inverno e fresco durante o verão. Além disso, a cortina celular proporciona conforto térmico e acústico. Seu design é inspirado nas células de uma colmeia, oferecendo proteção contra os raios UV. Possui ainda propriedade antiestática, que reduz o acúmulo de poeira. São indicadas para instalações dentro de vãos, porque se enquadram perfeitamente dentro de espaços limitados. Disponíveis em tecidos translúcidos e blackout.

 

Limpeza e manutenção

Para todos os modelos, recomenda-se tirar o pó com espanador ou pano seco uma vez por semana. A cada duas semanas, limpe com aspirador de pó, de preferência com aquele bocal de escova. Caso o material da persiana aceite ser molhado (como o PVC), é permitido passar uma esponja levemente umedecida e sabão neutro. Nunca utilize produtos abrasivos. Peças de tecido natural ou sintético pedem uma limpeza mais profunda, que deve ser feita por empresa especializada uma vez por ano. Outro cuidado importante é manter as persianas recolhidas sempre que for deixar as janelas abertas, pois o vento pode fazer com que elas batam e entortem.

Instalação

Para a instalação das persianas existem duas possibilidades. A primeira é instalar dentro do vão da janela, onde a medida deve ser bem justa ao espaço para diminuir as frestas. Outra possibilidade é instalar a persiana por fora, ultrapassando o vão da janela. A medida deve ser feita deixando sobrar 10 cm de largura para cada um dos lados. Na altura, o ideal é que a peça seja instalada rente ao teto, passando 20 cm abaixo do peitoril da janela.

Cortina ou persiana?

As cortinas são associadas a decorações mais clássicas e tradicionais. Além de serem mais difíceis de lavar, acabam ocupando mais volume e pedem manutenção frequente. Já as persianas têm sido escolhidas em muitos projetos de arquitetura e decoração devido à versatilidade, variedade de materiais e facilidade de manuseio, podendo ser utilizadas em quartos, salas, cozinhas e até mesmo em banheiros. Por isso, aposte nas persianas se a intenção é modernizar a aparência da sua casa.